BBB19: Paula deverá ser intimada pela polícia após deixar o programa

Após deixar o BBB 19Paula será intimada pela polícia para prestar esclarecimentos sobre os comentários que vem fazendo no reality show da Globo.

A sister terá que se explicar após acusações de racismo e intolerância religiosa.

Segundo informações do jornalista Paulo Pacheco, do Uol, a informação foi confirmada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, que ainda declarou que “as investigações estão em andamento no Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância)”.

“De acordo com informações da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) foi instaurado inquérito para apurar o ocorrido. As investigações estão sob sigilo”, disse a polícia à publicação.

Paula vem soltando declarações apontadas como preconceituosas desde o início da temporada 2019 do BBB.

Em janeiro, chegou a dizer que se surpreendeu pelo fato de o autor de um crime não ser um “faveladão”. Depois, discutiu com Gabriela sobre humor negro.


IRMÃ DE PAULA DEFENDE A SISTER DAS ACUSAÇÕES


Recentemente, em entrevista ao jornal O Globo, Mônica Von Sperling, irmã de Paula, saiu em defesa dela. “É impossível ela ser racista porque somos de uma família de ascendência africana. Ela, inclusive, teve dois namorados negros. Sobre a questão religiosa, apesar de sermos católicos, já frequentamos centros espíritas e igrejas evangélicas. Isso não existe”, declarou.

Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!
Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!