Parecendo irritada, escondendo o rosto e andando em passos largos, ela responde algumas questões sobre o massacre que causou grande comoção e revolta mundial.  

O 13 de março jamais será esquecido pelos brasileiros.

O massacre que deixou 10 mortos, entre eles alunos e funcionários, aconteceu quando dois jovens encapuzados invadiram a escola Raul Brasil em Suzano -São Paulo e causou terror sem precedentes em nosso país.

Todas as emissoras fizeram a cobertura do caso, inclusive a BandNews, sendo que um repórter localizou a mãe de um dos responsáveis pelo ocorrido e tentou arrancar dela  alguma informação.

Você pode conferir a entrevista no vídeo abaixo.

Em ‘entrevista’,  ela afirma  que o filho sofreu bullying na escola e, por isso, parou de estudar.

 “Minha família é de paz. Estranho isso”, disse ela e conclui dizendo que desconhece os motivos dessa tragédia.

Visivelmente constrangida, a mãe de Guilherme afirmou que apesar disso não entende a postura do filho. “Não sei, também estou querendo saber. Ele era um ótimo filho.”

Questionada se o videogame poderia ter motivado o ataque do filho, ela afirmou que não. “Ele jogava no computador. Isso é coisa de criança, gente. Ele era uma criança.”

Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!
Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!