É comum que denominações cristãs tenham seus costumes, e nem sempre o povo acata a essas ‘exigências’.

Geralmente, é pedido as irmãs que usem saias pelos joelhos, ou até mesmo abaixo dos joelhos, blusas que tapem os ombros e um certo cuidado com a transparência e decotes.

Há quem goste de frequentar cultos e que não se enquadrem nas exigências das igrejas, e acabam por saírem mal faladas, as vezes pelos próprios membros da mesma.

A secretária Isa Moraes frequenta uma igreja desde bem pequena, e ultimamente vem enfrentando um problema por conta das suas vestimentas.

Ela que nunca concordou com os costumes de vestimentas exigidos pela congregação, sempre deixou claro não concordar com isso e muito menos com a ‘regra’ de que a mulher deve ser submissa ao homem.

Por conta do comportamento contrário aos costumes da igreja, Isa passou a ser chamada de ‘Pirigospel’, termo utilizado para nomear uma evangélica como uma ‘Piriguete Gospel’.

A gota d’água para a secretária foi quando o pastor responsável pela congregação lhe chamou para uma conversa, onde lhe pediu que tomasse mais cuidado com suas vestes e maquiagens, pois a mesma estava escandalizando os irmãos casados, que não tiravam o olho dela.

A jovem ficou tão chateada que resolveu sair da igreja, e se assumiu lésbica. Hoje ela frequenta a igreja criada para LGBTs onde ela se sente a vontade e pode expressar sua fé sem deixar de ser como é e como gosta de se vestir.

Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!
Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!